Softwares de gestão e supply chain: o que têm em comum?